[Parte II] Por que assistir doramas épicos (sageuks)?

Olaaar! Tudo bem? Eu to bem… Bem nervosa porque esse é um dos últimos posts antes de entrar oficialmente em hiatus. Coração tá doendo, mas infelizmente eu não tenho outra escolha (explicações no menu acima).

Mas enfim, estamos aqui com a segunda parte do post sobre sageuks (duzentos anos depois) e como eu me propus a fazer, vou dividir alguns tópicos com minhas razões pelas quais eu acho que valem a pena assistir.

sd.jpg

Como fã do gênero, eu admito que não é algo fácil. A maioria das pessoas não começam no mundo dos doramas através de épicos (eu também não comecei por aqui), e sim pelas comédias românticas, então normalmente detestam o primeiro contato com sageuks.

Eu detestei, achei tudo estranho, inclusive a forma como eles falam, tão formais e tudo mais.

Isso é totalmente compreensível, principalmente porque grande parte dos dorameiros começam a assistir por causa de kpop, então esperam algo mais atual, coisas que combinem com esse universo que eles já conhecem.

Por isso, antes de listar minhas razões, eu vou dar a vocês alguns avisos importantes sobre sageuks, coisas que rolam em basicamente todos.

  1. Vai morrer gente sim. Um monte. O tempo todo. Quase todo o elenco (em alguns casos vocês devem levar essa coisa do elenco todo muito a sério). Vocês sabem que as condições da época não eram favoráveis de nenhuma forma, nem mesmo para as pessoas ricas. Se manter vivo era uma luta diária.
  2. O casal protagonista ficar junto é uma raridade, sério, não faça abaixo-assinado alô fãs de Moon Lovers, eu to falando com vocês se eles não ficarem juntos. Eu estou sendo muito honesta com vocês aqui, a maioria dos épicos tratam de relações políticas e são carregados de melodrama, o romance não é algo tããão explorado e eu particularmente adoro isso.
  3. Se apegar a alguém é uma grande cilada, porque das duas uma: ou ele vai morrer, ou ele vai virar o demônio em pessoa, é proposital que você se apaixone por esse personagem.
  4. Você vai passar raiva sim, com certeza, e não adianta reclamar, porque quanto mais você reclamar, mais raiva vai passar. É um ciclo sem fim.
  5. Ah! Você vai sofrer também. Muito. MUITO. M U I T O. M U I T O. E vai chorar provavelmente, em algum momento. Não tem como fugir.
Imagem relacionada

Six Flying Dragons

Dito isso, acho que posso começar minha listinha de razões, certo? Então vamos lá!

  • Mulheres muito fortes

 

Empress Ki

 

Gostaria de colocar esse tópico como primeiro por motivos meio óbvios.

Hoje em dia falar sobre o poder feminino não é mais um tabu como antes embora ainda seja um tanto rejeitado, mas isso toma proporções muito maiores quando falamos de doramas épicos.

Por quê?

Porque se passam em épocas em que as mulheres eram escravizadas, molestadas, inferiorizadas de todas as formas possíveis. Algumas vezes até mesmo tratadas como animais.

É claro que isso é mostrado nos sageuks, e irrita MUITO, principalmente se você é uma mulher. Mas ao mesmo tempo é INCRÍVEL ver como essas mesmas mulheres são absurdamente fortes, corajosas e enfrentam qualquer coisa pelos ideais delas.

E aqui vale uma comparação com os dramas contemporâneos, onde eu geralmente não gosto das mocinhas, porque são sempre todas iguais (e as vilãs também). Essa coisa de “mocinha pobre sofredora órfã que tem 535468435 empregos porque quer fazer faculdade” é tão, mas tão chato… Quando falo da representação feminina nos sageuks, é muito além disso.

Six Flying Dragons

Um drama que é grande exemplo da força das mulheres é Six Flying Dragons (sim, de novo), onde as personagens femininas simplesmente tomaram conta e todas elas, mesmo aquelas que não estavam no foco do drama, eram muito fortes. Cada uma teve um papel essencial pro desenrolar do drama, mesmo as vilãs.

 

Mirror of the Witch também conta com uma representação feminina fortíssima, tanto do lado do bem, quanto do lado do mal. Ambas as personagens eram fortes e determinadas, a luta entre elas é sensacional e faz com que os mocinhos do drama se apaguem quase completamente.

Mirror of the Witch

Resultado de imagem para ruler master of mask gif

Ruler: master of the mask

Em Ruler: Master of the Mask também vemos o lado feminino sendo super bem representado, onde a protagonista busca limpar o nome de seu pai, injustamente acusado e morto, e ela se recusa a deixar que os “mocinhos” façam isso por ela. Também temos a antagonista, que enfrenta tudo e todos de peito aberto, porque acredita em seus ideais.

 

A força feminina nos sageuks é sensacional. Elas são cativantes e inspiradoras, tenho certeza de que vão achar incrível como eu acho.

Imagem relacionada

Six Flying Dragons

  • Plots bem elaborados

Outro ponto mais que positivo sobre os sageuks são os plots (enredos). Você pode até pensar “eh… outro drama com trama palaciana e guerras políticas” e na verdade realmente são, mas cada um deles tem uma particularidade muito grande.

Acho que existe um leque muito grande de opções quando se trata de escolher plots pra sageuks, porque todas as dinastias antigas tinham uma diversidade monstruosa. É possível fazer um drama pra cada pessoa que viveu nessas dinastias, porque certamente todas elas tinham uma grande história pra contar.

Cada novo sageuk trás uma surpresa diferente em suas tramas, fazendo com que, mesmo que aparentemente parecidos, os plots se tornem completamente diferentes.

Resultado de imagem para empress ki tal tal gif

Empress Ki

Também é imensamente difícil saber quem vai ficar com quem (e em alguns casos nenhum dos ships é real), e adivinhar o final (como acontece quase sempre em dramas contemporâneos) é uma tarefa quase impossível. Os dramas históricos são cheios de reviravoltas emocionantes! Traidores, mocinho virando vilão, vilão virando mocinho e por ai vai. Como disse nosso amado Tal Tal de Empress Ki: “Pessoas não criam traidores, o tempo o faz”.

 

 

  • Relações entre os personagens

Hwarang

A forma como os sageuks trabalham com as relações entre os personagens chega a ser mágico e em pouquíssimos minutos vocês sente passou a vida toda ao lado deles.

 

Amizades muito bonitas, romances puros e inocentes, até mesmo a relação mocinho x vilão é cheia de delicadezas e sutilezas, o que as vezes nos fazem duvidar de que lado ficar (e duvidar se os mocinhos são mesmo heróis e se os vilões são assim tão malvados).

Sobre os romances: como eu disse ali em cima, puros, inocentes, mas muito intensos. Sabe aquela coisa de amor eterno e verdadeiro? É algo do tipo, mas incluindo umas 5 doses de sofrimentos.

Resultado de imagem para mirror of the witch gif

Mirror of the Witch

E por falar em sofrimento…

  • Emoções a flor da pele

Se tem uma coisa que você vai passar assistindo sageuk, essa coisa é nervoso. Sério, não faça planos, não tente adivinhar nada, vai ser tudo diferente do que você pensa. E tudo, absolutamente tudo, com uma carga emocional muito alta.

Como esse tipo de coisa pode estar entre os motivos pra assistir esse gênero?

Ora, é óbvio. Todas as surpresas, todo o clima tenso. Eu não sei vocês, mas eu adoro essa sensação que os dramas épicos passam que deixam a gente em estado de alerta do começo ao fim.

Essa coisa da carga emocional é muito séria. Tudo é muito elevado quando se trata de emoções e qualquer ceninha acaba arrancando uma lágrima ou um suspiro.

Moon Lovers

 

  • Conjunto áudio-visual

Como sempre, a louca aqui sempre cai por fotografia e OST, e quando falamos de sageuks, isso toma proporções gigantescas.

É muito difícil um drama histórico ter uma fotografia ruim. Os cenários são estonteantes, os figurinos são surreais, penteados, acessórios, casas, palácios, tudo é inacreditável. Até o menor dos detalhes chama a atenção e mesmo os cenários naturais são interessantes e bonitos.

Saimdang, Light’s Diary

Os figurinos me prendem muito a atenção, e eu sempre me pego maravilhada com essas roupas e acessórios.

Imagem relacionada

Empress Ki

 

E as OSTs são cinematográficas, se encaixam perfeitamente nos subgêneros dos dramas. Empress Ki por exemplo, tem uma OST bem melancólica, já Six Flying Dragons conta com músicas mais agressivas, agitadas. Dependendo de como se desenrola o plot, vocês vão ouvir até kpop no meio disso tudo.

  • Atores incríveis

Esse tópico pode soar estranho, mas juro que ele faz sentido. Geralmente os atores presentes no elenco dos doramas épicos são meio que especialistas nisso.

Diferente dos dramas contemporâneos cheios de moçoilos bonitos e essas coisas, nos sageuks nós temos contato com um elenco um pouco mais velho, o que eu, particularmente, acho maravilhoso.

Alguns desses atores são quase essenciais, e quando eu vejo o nome deles na cast eu já sussurro um “esse vai ser bom” pra mim mesma.

Resultado de imagem para sadaebu gif

Six Flying Dragons

Lee Jaeyong é um desses atores. O cara aparece em quase todo drama histórico, nem que seja por um episódio, e eu amo odiar os personagens dele. Lee Moonsik e Jeon Kukhwan são outros nomes que vocês verão com frequência, assim como Jeon Nomin.

 

E não apenas o elenco mais velho, mas o elenco jovem e principalmente o elenco infantil desses dramas são muito MUITO bons. Inclusive, já anotem ai o nome Nam Dareum, tenho certeza de que verão muito ele por ai em breve.

E enfim, existem muitos outro motivos pra assistir um sageuk, mas se eu for listar todos, esse post ficará longo demais e eu acho que isso aqui já foi o suficiente. Mas se ainda assim eu não fui capaz de convencer vocês, deixo aqui um último motivo:

  • Oppas lindos de cabelo comprido, usando hanbok e armadura, e lutando com uma espada

Dá uma boa olhada nessas obras de arte e me diz se não é o suficiente pra ir correndo assistir um sageuk?! Hehe.

Resultado de imagem para chang Wook empress ki

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Imagem relacionada

Agora eu tenho certeza de que te convenci! /corre

E é isso ai, espero ter ajudado você que estava com dúvidas se assistia ou não os assustadores doramas épicos.

Aproveitando o post, acho que já viram que o blog vai entrar em hiatus, certo? Eu pretendia postar algumas resenhas antes de isso acontecer, mas não vai dar tempo, então esse é provavelmente o último post do blog por um longo tempo. Mas como eu já tinha dito, eu espero conseguir comprar um novo computador em breve e ai o blog volta a funcionar direitinho.

안녕~

 

Anúncios

[Parte I] Por que assistir doramas épicos (sageuks)?

Olá! Cá estamos nós e com nós eu me refiro a uma pessoa, como sempre com um post um tanto diferente. Já faz algum tempo que eu estou com vontade de escrever isso aqui, mas é claro, a preguiça não estava deixando. Enfim, finalmente nasceu.

Esse tipo de post “porque assistir tal gênero de drama” na verdade é muito comum, já vi vários como o mesmo tema, mas eu queria dar aqui minhas próprias razões. E resolvi liberar ele hoje por motivos de: ANIVERSÁRIO DE 1 ANINHO DO DORAMANIAC! *assopra a velinha*

Resolvi dividir esse post em dois, pra não ficar muito grande. Essa será a primeira parte, falando algumas coisas bem básicas sobre o gênero. O próximo provavelmente será dividido em tópicos, onde eu vou falar um pouquinho sobre as minhas razões pra gostar tanto de dramas épicos.

sd.jpg

 

Continuar lendo